2 de maio de 2012

Arte - Culinária na Vila-Escola

Um pouco atrasado, mas ainda importante para que quem acompanha o blog saiba do mais novo projeto da Vila-Escola: ARTE-CULINÁRIA!

O que é? Um projeto de saber que começou com a Dolores, dona do restaurante Mama África e colaboradora da Vila-Escola. As aulas da Dolores acontecem no próprio espaço do restaurante, espaço privilegiado entre árvores, chão de terra batida, bastante espaço pra correr e compartilhar, sem falar no forno a lenha...

Já houveram dois encontros com a Dolores, o primeiro sobre cozinha primitiva, onde as crianças e educadores  puderam aprender mais sobre como cozinhar com simplicidade e poucos recursos, sem perder o sabor dos alimentos. Eu (Juliana) não fui e, por isso não posso dar muitos detalhes, mas logo sairá um post de alguém que foi.

O segundo encontro de Arte-Culinária com a Dolores foi para fazer biscoitos. Esse eu também não fui, mas garanto que os biscoitos ficaram ótimos!!!

Entre o 1º e 2º encontro da Dolores teve um encontro com a Lulu, artista de Cumuruxatiba e também colaboradora da Vila-Escola. Sua proposta corajosa foi ensinar-nos a fazer pão de batata! Digo corajosa pois éramos muitos, ávidos por conhecimento (mais do que por alimento), a mexer com farinha, água, dar o ponto da massa, etc. etc.

Foi uma atividade muito prazerosa onde aprendemos a separar o ovo antes de colocar sobre a massa (poderia estar podre), a quantidade de farinha ideal, de açúcar, água, fermento. Tivemos uma aula sobre a origem da farinha de trigo e seus diversos processamentos (a Lulu inclusive levou vários tipos de cereais para ver e comer, né João e Iago?!) e os vários tipos de farinha que existem.

Depois de misturar todos os ingredientes, levamos a geladeira por 30 minutos. Neste intervalo fizemos a roda, atividade de toda segunda-feira. A Lulu, mais uma vez mostrando toda sua coragem, distribuiu a massa entre todos os estudantes (que previamente levaram suas bacias para preparar a massa) até dar o ponto para assar. Foi uma lambuzera! farinha para todos os lados e a Cristal no trabalho de faxinar o chão.

essa foi a técnica ensinada para sovar a massa, mas os estudantes usaram técnicas menos tradicionais


Por fim, o pão ficou pronto, deixamos crescer e levamos ao forno. Os pães foram distribuídos e ficaram uma delícia, apesar de minha descrença.

Ficou assim, mas não foram esses da foto
Infelizmente, não temos fotos para mostrar, a Juliana e o Leonardo esqueceram de levar a máquina fotográfica, mas a boa notícia é que agora a Vila-Escola tem a sua própria e está para chegar.

Nenhum comentário: